domingo, 5 de julho de 2009


Reflexo


Há muito em mim que nem sei,

há algo em mim que é de todos,


há algo em mim que é só meu,

há algo em mim que é só teu,


há algo em mim que me surpreende,

há algo em mim que me constrange,


há algo em mim que me dá asas,

há algo em mim que é raiz,


há algo em mim que é vilarejo,

há algo em mim que é país...


há algo em mim que é só eu,

há algo em mim que é você...




POESIA DOCE


Farei uma poesia doce,
Canora e leve
Com tinta e mel.

Farei uma poesia doce,
Melosa e tola:
Azul do céu.

Nela escreverei teu rosto,
Sorrindo e belo,
Olhando o meu

Nela pintarei meu corpo
Suave e tênue,
Tocando o teu

sábado, 4 de julho de 2009

Eu, você a poesia

video

EU, VOCÊ E A POESIA


Nossa viagem começa assim:
nós dois seguimos juntos nas trilhas da poesia,
seguimos passo a passo nos versos,
dançamos na cadência rítmica das rimas...


Mas se não houver rimas,
marcaremos o ritmo na musicalidade das palavras;
e com elas pintaremos as imagens com as cores da ilusão...


Através das palavras, nossos corpos se revelarão,
nas palavras, também, haverá espaço para a lua e para a noite,
para amores e para as flores,
e para todas as coisas que cabem num coração...


Selaremos, enfim, o poema no último verso
com as salivas de nosso beijo!

OS LOUCOS

Viva os loucos
a quem restou o amor
Aquele que sonha
que o sonho é real
Aquele que ama
o que não se pode amar
Aquele a quem a vida
está acima da concretude

Viva os loucos
com quem Deus fala de perto
Aquele que é a criança em plenitude
Aquele que entende
que a razão
É um barco à deriva
No oceano da insanidade

Viva os loucos
que vê o invisível
Que sorri do inrisível
Que ressuscita o carnaval
Para pôr a máscara da realidade
A MEDIDA CERTA


POR QUE MINHA ALMA É IMPERMEÁVEL
A SEUS OLHOS

E NÃO CONSEGUE VISUALIZAR
O INCOMENSURÁVEL AMOR
QUE DEDICO A VOCÊ,

POR QUE DE TÃO GRANDE
O MEU AMOR SE ESCONDE

NUM GIGANTESCO UNIVERSO MACROSCÓPICO
E MEU AMOR É TODO O UNIVERSO
EM QUE SEU CORPO E SUA ALMA REPOUSAM

POR ISSO NÃO O VÊ,
MAS SINTA, SINTA ATENTAMENTE

QUE O MEU AMOR VAI ALÉM DE MIM ,
VAI ALÉM DE VOCÊ,
VAI ALÉM DOS SENTIDOS
VAI ALÉM DE TUDO,

E PERSISTIRÁ NO TEMPO
ATÉ UM FUTURO
EM QUE ALGUÉM
LERÁ O AMOR QUE NÃO SERÁ MAIS
NEM MEU, NEM SEU...

SERÁ ETERNO
...

O Encontro (Sidney Lima)

video

O encontro

Ela corria levemente em direção ao jardim.
as flores invejosas de sua beleza,
o vento invejoso de seu hálito,
o chão feliz pelos carinhos dos seus passos.

Ela caminhava agora entre flores e folhas;
o vento lhe soprava os cabelos,
o sol morno da tarde lhe banhava o tecido branco
que lhe cobria o corpo colando-se a ele
pela ação do vento.

Tudo naquele lugar era agora o paraíso
os lábios rubros,
os cabelos tingidos pelo sol
os seios que arfavam no embalo do correr...

O jardim...o jardim:
pinheiros altos ladeando uma escadaria de pedras antigas.
Ela subia e era linda ao subir
Parava às vezes como a se deixar observar
E voltava a subir
com sua tez alva de pérola ou marfim

A quem procurava?
Que alma gentil tivera tanta sorte
em possuir tão belo troféu?
Parecia uma dança sua procura
olhava um lado, depois outro,
corria uns passos... parava...

Chegou ao topo
o jardim se abrira aos seus olhos.
O sol banhou seu rosto quando sorriu...
Estendeu os braços...
Encontrou.

Quem (Sidney Lima)

video